Como deve(ria) jogar o Corinthians, domingo, contra o Palmeiras

Como a correria pré-casamento anda tomando muito do meu “tempo livre”, vou tentar antecipar a análise tática (desde que nenhum desses jogadores se machuque) para o Derby Paulista, Corinthians x Palmeiras. Antes de tudo, independente do resultado, finalmente o jogo volta para a capital, mais precisamente, o estádio do Pacaembu. Nada contra jogos no interior do estado, mas perde-se muito do charme tradicional do duelo. Nessa partida, o Palmeiras seria o favorito, se não fosse o fator campo. Jogando no Pacaembu, o Corinthians é quase imbatível em clássicos. Santos, São Paulo e o próprio Palmeiras já foram derrotados mais de uma vez, nos últimos 2 anos, dentro do estádio municipal.

Líder invicto e com a ótima fase de Barcos, Juninho e Marcos Assunção, o alviverde leva vantagem em quase todos os setores do campo. Rápido e habilidoso, Maikon Leite pode ser o pesadelo de Alessandro, que voltará ao time titular depois de quase 40 dias parado. Porém, o Palmeiras tem na bola aérea um de seus pontos fracos – ironia do destino, já que durante 6 meses foi a principal jogada de ataque da equipe de Luis Felipe Scolari. Nesse quesito, Danilo, Leandro Castán e, provavelmente, Elton (segundo tempo), podem aproveitar oportunidades dentro da área palmeirense.

Alex poderia – e deveria! – ser poupado. Não vem desempenhando com a mesma eficiência o papel de homem de ligação do Corinthians. Insito: se não entrar em campo, Douglas não entra em forma, nem recupera ritmo de jogo. O camisa 15 seria o principal municiador do ataque com… Liédson? De novo? Sim. Tite tem uma extrema – e até mesmo, irritante – confiança no levezinho. Se desencantar contra o maior rival, nem a torcida vai cobrar a contratação de um novo camisa 9 – isso está por acontecer, acreditem.

“E Emerson? Você não pede, a toda partida, o Sheik como titular?”. É verdade, mas acho que Tite irá optar por um 4-2-2-2 nesse jogo e, assim, Willian viria bem a calhar. Rápido e bom também nas jogadas de linha de fundo, reforçaria ainda mais as bolas altas na área do Palmeiras. Vale a tentativa, já que o primeiro tempo desse jogo deve servir para impor o ritmo de velocidade e chutes a gol.

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: